Marketing esportivo, a estratégia do momento

21 de fevereiro de 2019

Foi-se a época em que a única coisa que importava em uma partida de futebol era quem ganhava ou quem perdia a disputa. Independente do resultado, o marketing esportivo estará fazendo parte no jogo.

Durante qualquer evento esportivo, existe uma série de elementos externos que estão presentes propositalmente. Por exemplo, nova raquete de Roger Federer, as novas chuteiras de Neymar ou as luvas de Fabrício Werdum não foram escolhidas por acaso.

marketing esportivo

Marketing esportivo, o que é realmente?

O Marketing Esportivo é a aplicação de estratégias do marketing tradicional na indústria do esporte. É um tipo de marketing que utiliza o esporte como ferramenta para gerar oportunidades de negócios. Essas estratégias quando bem planejadas e aplicadas, geram um retorno positivo (ROI) para as marcas.

O esporte desperta uma grande paixão mundial, seja no Brasil com o futebol, nos Estados Unidos com o basquete ou baseball, na Austrália com o Rugby, o esporte nas suas diversas modalidades alcança o mundo inteiro.

Aproveitando o fator paixão, as marcas desenvolvem estratégias de marketing para estimular esse sentimento e atrair novos seguidores, criando vínculos entre a marca e os valores positivos que o esporte representa.

Desta forma, você pode criar rapidamente o posicionamento de uma marca ou produto, gerando um vínculo com um atleta, clube ou competição esportiva reconhecida.

Emocionar o público é a chave do sucesso

A missão do Marketing Esportivo é fazer a conexão entre paixão, entretenimento, emoção e consumo. Com isso, a imagem de uma marca associada à um evento, atleta ou time, torna-se mais agradável aos olhos dos fãs.

Essa mudança muitas vezes é imperceptível aos olhos do consumidor. Isso faz das estratégias de marketing esportivo uma ferramenta poderosa para posicionar marcas, produtos e serviços, alcançando um retorno muito positivo para as empresas.